INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS - DICAS SOBRE TRANSPONDER
A CHAVE PAROU DE FUNCIONAR, E AGORA?
Nós recebemos com freqüência, inúmeras ocorrências de veículos onde os problemas são parecidos, como:
"a chave parou de funcionar ", "a chave perdeu o código, descodificou ", "o cliente só desligou a bateria e a chave não funciona mais", etc.
Nesses casos, qual seria o procedimento correto a se fazer? Programar novamente as chaves do cliente ?
Vamos analisar:
Muitas vezes nos vemos nessa situação e a primeira ação é "reprogramar as chaves do cliente ou programar uma nova chave", mas cuidado, podemos estar introduzindo mais um problema no veículo, o erro na programação de chaves, que dificultará mais ainda a solução do problema inicial.
Para esses problemas com transponder devemos ser um pouco mais analíticos, antes de tomar qualquer decisão, pergunte a si mesmo: Porque a chave parou de funcionar? Vejamos algumas respostas:
- Perdeu o transponder;
- Quebrou o transponder;
- Queimou algum fusível ou relê;
- Rompimento de alguma fiação no percurso antena, imobilizador e módulo de injeção;
- Falhas no aterramento do veículo ou central de injeção;
- Queima do imobilizador ou E.C.U. (ex: entrada de água);
- Veículos convertidos a gás;
- Alarmes paralelos, como Positron, etc;
 

Poderíamos relacionar muitos outros motivos, mas a questão continua, o que fazer?
Costumo dizer que o transponder é o primeiro ítem que vamos verificar a presença e o último a ser responsável pela falha. Geralmente o problema é outro, vejamos algumas dicas que poderão nos ajudar.
• Nos veículos GM, verifique se os módulos imobilizadores ou de injeção não foram trocados por outros usados, lembre-se que nesses casos teremos que resetar ou

programar esses módulos dependendo do modelo do veículo.
• Em veículos com "kit gás", às vezes só conseguimos a programação de uma nova chave se desligarmos "toda" a fiação da conversão. Executamos a programação da nova chave e voltamos a ligar os fios do gás.
• Cheque sempre a caixa de fusível, retire todos os fusíveis, inspecione-os, recoloque-os com muita atenção.
Lembre-se que em caso de vazamento de água, toda parte elétrica poderá ser comprometida.
• O imobilizador do Renault Clio tem queimado com facilidade quando há um entupimento na saída de água do capo (churrasqueira), a água da chuva cai para dentro do painel exatamente em cima do imobilizador, queimando-o.
• O Renault Scenic apresenta uma pane, na qual as duas chaves deixam de funcionar, o imobilizador simplesmente ignora o código das chaves. Reprogramar novos transponders tem solucionado alguns casos, lembre-se de verificar se o veículo é fase 1 ou 2 (T33 ou T34).
• Nos veículos Ford, com exceção da linha diesel, quando há problema com o sistema PATS (1, 2 ou CAN), o motor não "gira". Ao tentarmos dar a partida, o led indicador pisca continuamente e o motor não dá nenhum sinal. Se o motor "girar" mas não continuar funcionando, o problema poderá ser no módulo de injeção, reles ou sensores (de rotação, por exemplo).
• A linha Fiat apresenta, com certa freqüência, panes em que o led não apaga e consequentemente o motor não funciona. Cheque todo o aterramento de veículo, motor, módulo de injeção, tire o "zinabre" criado no cabo da bateria, terminais, utilize Álcool Isopropílico para limpeza dos terminais (caixa de fusíveis, módulo de injeção, etc.), a ação da maresia, em regiões litorâneas, agravam esse problema.

Esperamos que você possa fazer um bom uso de nossas dicas.